A UNIVERSIDADE E A CONSTITUIÇÃO DO LAZER CITADINO

Autores

  • Wilson de Lima Brito Filho UFBA
  • Coriolano Pereira da Rocha Junior UFRJ

Palavras-chave:

Universidade, Lazer, Cidade, História, Educação

Resumo

O presente texto é fruto da dissertação de mestrado intitulada A UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA E A HISTÓRIA DO LAZER NA CIDADE DA BAHIA: Rotas, rotinas e rupturas no século XX – 1945-1955 realizado no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), da Faculdade de Educação, da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Tem como objetivo apresentar resultados básicos da pesquisa de mestrado socializando e difundindo parte das informações coletas. Trata-se de uma abordagem qualitativa de cunho histórico com base documental. Como resultados observa-se uma interrelação entre a Universidade, a cidade e seus lugares e os estudantes na construção do lazer em Salvador-Ba.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wilson de Lima Brito Filho, UFBA

Doutor em Educação pela UFBA.

Coriolano Pereira da Rocha Junior, UFRJ

Doutor em História Comparada pelo PPGHC - UFRJ.

Referências

ATARDE. O baiano Veraneia sem sair da capital. Salvador, 01/02/1945, p.2.

A TARDE. Artes & Artistas. Salvador, 04/05/1946, p.5.

A TARDE. Tertúlia na Academia de Letras, Salvador, 24/04/1951, p.3.

A TARDE, Instituto de Música da Bahia. Salvador, 13/02/1951, p.1.

A TARDE. Protesto dos estudantes. Salvador, 15/01/1954, p. 2.

A TARDE. Universidades Regionais. Salvador, 11/07/1946, p.3.

BORGES, Eduardo. Renascença baiana: o cinema entre o discurso e a prática modernizadora na Bahia. Salvador, EDUNEB, 2012.

DE SOUZA, Cleide Aparecida Gonçalves e MELO, Vitor Andrade de. Museu, emoção estética e lazer: reflexões sobre as possibilidades da fruição da arte no tempo livre. Licere, Belo Horizonte, v.12, n.1, abr./2009.

KUMAR, Krishan. Verbete Modernidade. In: OUTHWAITE, William e BOTTOMORE, Tom. Dicionário do pensamento social do século XX. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.

REIS, Leôncio José de Almeida, CAVICHIOLLI, Fernando Renato e STAREPRAVO, Fernando Augusto. A OCORRÊNCIA HISTÓRICA DO LAZER: Reflexões a partir da perspectiva configuracional. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 30, n. 3, p. 63-78, maio

Disponível em : http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/viewFile/248/365. Acesso em 22.07.2020.

RISÉRIO, Antônio. Edgard Santos e a reinvenção da Bahia. Rio de Janeiro: Versal, 2013.

ROCHA JUNIOR, Coriolano P. da. Esporte e modernidade: uma análise comparada da experiência esportiva no Rio de Janeiro e na Bahia nos anos finais do século XIX e iniciais do século XX. Tese (doutorado). Programa de PósGraduação em História Comparada –Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2011.

UZÊDA, Jorge Almeida. O aguaceiro da modernidade na cidade do Salvador 1935-1945. Universidade Federal da Bahia, Faculdade de Filosofia e ciências Humanas, programa de pós-graduação em História. Tese (Doutorado). Salvador, 2006.

Downloads

Publicado

2022-06-05

Como Citar

BRITO FILHO, W. de L.; ROCHA JUNIOR, C. P. da. A UNIVERSIDADE E A CONSTITUIÇÃO DO LAZER CITADINO. Revista Olhares, Salvador, Brasil, v. 1, n. 12, p. 117–126, 2022. Disponível em: https://publicacoes.unijorge.edu.br/revistaolhares/article/view/70. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos